Boas Novas

Está escrito na primeira folha do meu mais novo bloco chique de anotações: “Nunca esqueça que você é o amor da minha vida! Te amo. Lorena.”

O lembrete deve ter sido escrito antes dela anotar, na página seguinte, os números de algumas corretoras de aluguel. O contexto significa que a nossa fase é outra, mas ainda com os rebuliços na barriga desde o nosso primeiro encontro. Não faz muito tempo que esse aconteceu, mas já vai fazer um ano que as nossas almas se encontraram, com direito a toda pieguice de “o mundo parou em minha volta”.

Na semana passada, ela me deu o direito de me orgulhar da minha fé em Deus mais ainda. Primeiro, a Loren, finalmente, defendeu a sua dissertação. Eu não presenciei, mas a minha cabeça e o meu coração estiveram a todo tempo torcendo para que tudo desse certo. E como não daria tamanha a sua competência e dedicação? Não passado muitos dias da sua defesa, ela veio ao encontro do meu abraço que, modéstia à parte, lhe deu muita sorte. Logo na primeira hora do dia em que iniciamos a sua entrega de currículos ao-deus-dará, ela conseguiu uma entrevista de emprego.

Emociono-me ao lembrar de tudo o que se passou comigo naqueles minutos de sua entrevista. Eu havia ficado na porta do prédio esperando que ela não demorasse muito além do habitual. Geralmente, as recepcionista pegam os CVs e despacham os ávidos por emprego em cinco segundos. Mas, dessa vez, foi diferente. Demorados três minutos, comecei a pensar na tentativa de convencimento da minha mulher para a possível recepcionista. Passados cinco minutos, mudei de ideia e imaginei que ela estivesse aguardando uma oportunidade diferente e mais reservada de convencimento.

Contudo, aos dez minutos de espera, peguei-me em oração. Não lembro quantos Pai Nosso eu orei, talvez se tivesse dedilhado um terço eu soubesse. O tempo passou e, então, lembrei do meu celular na bolsa; foi quando li a mensagem: “Tem vaga!! Entrevista”. A Loren estava sendo entrevistada e dali a mais uns dez minutos, ela me encontraria na mesma porta do prédio, com uma pasta cheia de apostilas. Ela foi contratada.

Fiquei feliz por ela em realizar o sonho de ser professora. Fiquei feliz por mim em ter uma mulher realizada. Fiquei feliz por nós dada a benção de Deus.

Ainda falta eu conseguir um trabalho. Tenho passado por torturas psicológicas em processos seletivos que demoram a dar respostas, mas também tenho recuperado a minha fé a cada desespero. Se, ontem, fui dormir com a cabeça dolorida por saber que nosso orçamento doméstico ficará super apertado no próximo mês, acordei confiante que tudo dará certo.

Afinal, agora, o passo é a procura do nosso apartamento, para o qual devemos nos mudar até o fim de agosto, a depender de achá-lo, transcorrer o típico processo burocrático e comprarmos cama, geladeira etc. E, então, já poderemos suspirar por um “lar, nosso doce lar”.

Anúncios

7 pensamentos sobre “Boas Novas

  1. Por que será que eu choro toda vez que leio um texto sobre vocês? Será que é porque a minha crença na humanidade não se esvaeceu por completo de mim? É isto meninas, vocês são como verde-esperança. E minha alma volta a creditar. Em que? Ainda não sei. Mas tenho provas—> Vocês e este amor abençoado!

    Amo muito, muito mesmo, minhas amigas do coração, da alma!!!

  2. Deus está conosco e eu tenho cada vez mais certeza disso. E sinto a real presença dEle quando estou contigo. Aliás, quando estamos juntas, tudo é tão melhor, tão mais certo, tão a contento… por isso essa “sorte” que você diz, que não apenas é de você para mim, mas de mim para você, é entre nós. Se estamos juntas, as coisas andam, elas dão certo.

    Por isso tenho certeza que continuarão a dar, amor. Vai dar tudinho certo como tem que ser: seu emprego, nosso apê, nossas coisinhas, nossa vida… Vai dar tudo certo.

    Ah, e aos amigos: não vejo a hora de termos nosso canto arrumadinho para receber vocês! \o/

  3. Eu passei por muito sufoco pra conseguir meu espacinho tbm, mas valeu a pena e agoras as coisas vão se ajeitando.

    Boa sorte na procua. Pensamento positivo que tudo da certo.

  4. Oi Lu,
    tudo bom?

    Eu nunca comentei por aqui,mas sou leitora assídua do blog de vocês e sou super fã da história de amor que vocês vivem,fiquei super feliz de poder comprar um presente pra casa nova de vocês,mas não tô conseguindo efetuar a compra pelo site da americanas porque eles pedem o endereços de vocês,ou no casa,o endereço da Loren…se puderem,entrem em contato (meu e-mail: mylla_adiene@hotmail.com),queremos muito presentear nossos exemplos!!

    Beijo grande,
    Mylla e Thay

  5. Você é dona de uma tremenda inspiração. Seus posts são muito bem escritos, o que me faz ler mais e mais.
    Todo a sorte de bençãos pra esta nova vida.
    Já deu certo… o resto são detalhes.

    OBS: Depois de Mariah tudo se tornou muito corrido, mas sempre que consigo corro aqui pra ler e comentar. bjs
    Piu

Comente e aguarde a nossa aprovação

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s