Noivar para poder casar

De repente, me lembrei que este não é um blog diário, mas um blog casamentício. Você também lembrou, Loren?! HAHAHA.

Ah, mas, sem preparativos para casamento, não há muito em que se basear. Apesar de eu ser uma fissurada em blogs de moda, de decoração e, inclusive, de casamento. Entretanto, mesmo com as ideias engavetadas, eu e a Loren podemos dizer que demos um passo primordial para o casamento: o noivado.

Esse mesmo, que até entre os casais heteros é escanteado, entre mulheres que gostam de outras mulheres não é levado muito à forra. Simplesmente porque, embora seja ultrarromântico, mulheres são tão sensíveis e tão adiantadas que, na primeira oportunidade, já querem se sentir casadas, kkk.

Claro que estou falando de mulheres que estão à procura do seu par de chinelo pra vida toda e não das autossuficientes que consideram juntar escovas uma perda de paciência. Mas claro também que, ainda no primeiro grupo, há exceções, pois existem sim mulheres que gostam de saborear cada etapa do enlace. Então, se empolgam com o dia do pedido oficial, e, se têm famílias cúmplices, aproveitam para reunir e para brincar de organizar as suas próprias festas.

Na minha inexperiente opinião, acredito que o noivado deva ter exatamente essa áurea familiar, com amigos verdadeiros por perto, assim como o casamento, obviamente. Por isso, jantares e almoços são preferenciais e nada de badalações. Já as alianças de noivado nem sempre são as mesmas usadas para o casamento. Nesse caso, é bom que não haja grande gasto com os anéis. Há muitos banhados a ouro e lindíssimos por aí. Contudo, se o casal já deseja usar a aliança definitiva, é bom saber investir, afinal ela tem que durar ad infinitum =P.

Para esses casais, a dica é que dias antes do casamento elas sejam levadas a uma joalheria para serem polidas e estarem brilhando no big day, como também para gravar os nomes das noivas e a data do casamento. Ai, ai. #suspiros

Eu e meu amor, particular e lisamente, optamos por adquirir as alianças temporárias. Quer dizer, eu acho que elas sejam temporárias, mas a Loren insiste em se apegar a elas. =/

Ah, como foi o nosso noivado? Iihh… Não seguiu nada do padronismo. Primeiro: por pouco,  ele foi quase surprise. Segundo: moramos em estados diferentes, então mesmo que sonhássemos, não daria para reunir amigos e familiares. Terceiro: não temos lá apoios familiares.

Bom, explicando sem muito didatismo. Estamos quase inseridas no grupo de ‘mulheres que já gostam de se sentir casadas’. Quase…Quando eu e ela decidimos nos casar, não pensamos  exatamente no status noiva.; foi quando pedi a uma amiga dela para que descobrisse o número do anelar direito da minha dama. A moça, toda faceira, descobriu e eu, então, comprei um par de alianças para o nosso encontro. Pois bem…eu fiquei tão ansiosa, tão ansiosa, tão ansiosa que não me segurei e antes do encontro contei a ela. Ok, ponto negativo pra mim.

Chegado o dia em que coloco as alianças sobre a cama, com a única presença de Deus, eis a afamada surpresa: o anel não coube no dedo dela. Anram. Ela errou o número para a amiga. Pensem na minha cara suuuper-frustrada!!! Ela, fofa toda, disse que não haveria problema que, apesar de todos os atropelos, tinha amado (não sei o que). Só no nosso ultimo dia de viagem  resolvemos comprar a aliança adequada.  É que a dona maria aqui jogou fora a nota fiscal da primeira. E foi, na frente das vendedoras (gentis e sorridentes), no balcão de pagamento, que finalmente coloquei a aliaça no anelar direito da Loren. Romantismo puro.

Anúncios

5 pensamentos sobre “Noivar para poder casar

  1. Mas amor, eu realmente gostei, achei a aliança linda e nem teria me preocupado em usá-la no dedo mindinho! Parece brincadeira, mas é sério… 😛 Ainda assim, fiquei muito feliz que conseguimos comprar a aliança certa e colocar no meu dedo certo, e agora posso exibi-la por aí, “ó, dá licença, que eu sou NOIVA”. XD

    E eu achei sim, nosso noivado romântico. Mesmo que as testemunhas tenham sido as vendedoras da loja de joias (que, por sinal, foram bastante fofas e educadas, porque você não contou, mas essa aliança foi uma odisseia! Tiveram que mandar vir de ooooutra loja, enquanto a gente aguardava… Mas o importante é que chegou :). Achei romântico porque o mais importante pra mim nem era a aliança, nem era o momento: era o que aquilo simbolizava. Que eu vou passar o resto da minha vida com você. 🙂 Perto dessa realização, todo o resto é secundário.

    PS: eu estou devendo um (ou mais de um) post nesse blog. Vou dar um jeito nisso logo.

    Amo vc.

  2. Oun, que que lindas, meninas!
    Por aqui estamos casadas há quase seis anos, MAS meu amorzinho insiste que iremos oficializar nossa união na Holanda e velejando! Tá, eu espero com todo carinho meu amorzinho realizar o sonho dela.
    Estou na expectativa de saber da festa do big day!
    Beijos nossos!

  3. Que alianças lindas… recentemente fui no casamento da Elis (postei no blog) foi uma cerimônia linda. Se vcs estiverem por SP nos convidem tá (bem arroz de festa).

Comente e aguarde a nossa aprovação

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s